CEO do Tinder “Acabamos com o estigma que tinha utilizar um aplicativo de encontros”

CEO do Tinder “Acabamos com o estigma que tinha utilizar um aplicativo de encontros”

O CEO do mais popular aplicativo sobre paquera nao impoe limites ao manejo. a politica e o comercio eletronico entram em seus planos. Estao lancando o Tinder Social

Sean Rad (las Angeles, 1986) e um 2 genios do instante. Filho de imigrantes iranianos, cresceu perto sobre Beverly Hills. Em 2012 lancou um aplicativo que transformou o celular na melhor ferramenta para hallar parceiros e parceiras. O criador e CEO do Tinder quer que nao seja consumido so de encontros. Ja funciona em 196 paises. A cada dia se concretizam mais sobre 26 milhoes de encontros, embora as opcoes sejam muitas, mostram ate 1,4 bilhao sobre encontros potenciais por dia. Sao os usuarios que as tornam realidade ou nao arrastando a foto do solicitante a esquerda, para declinar, ou a direita, de ungir. Esse mueca e o afamado swipe (arrastrar). Na Espanha se repete ate 25 milhoes de vezes por dia.

Mais informacoes

Resposta. Percebemos que se aproveita melhor em conjunto. Con el fin de debilitar o gelo, socializar e ter experiencias mais ricas. Nao e obrigatorio participar. Cada membro do acontecimiento pode engrasar ou rechazar. Damos o lograr aos usuarios. Eles decidem se arrastam a direita (swipe right) para aceitar o aspecto e depois podem dizer de maneira individual se gostam de cada membro. O que queremos e que facam novos contatos, amizades e planos. Desde seu nascimento, o Tinder propiciou mais sobre 20 bilhoes de conexoes.

P. Que atividades oferecem?

R. Varias karaoke, alberca, viagem de carro. Vamos acrescentar mais e, principalmente, aclimatar a cada punto con el fin de que encaixe nos gostos locais. Na Espanha as atividades serao diversos dos EEUU.

P. Podem se informar dentro de si?

R. Depois que aceitam participar da atividade, sim. Quando termina o suceso, o conjunto caduca e desaparece. Manter o vinculo depende deles, do que tiverem vivido no ambiente real.

P. Como definiria o Tinder?

R. E um aplicativo para encontrar gente nova e sair. Serve de socializar, aumentar o circulo. Nao e so dar con parceiros, tem muito mais possibilidades.

P. Arrastar o polegar a esquerda ou a direita Con El Fin De rechazar ou ungir se tornou um sena popular, de empleo comum.

R. Ja e pieza da civilizacion popular. Para nos quiere decir muito, e uma honra. Acabamos com o estigma sobre utilizar um aplicativo sobre paquera. Agora e normal, porque e competente. Quem usa Tinder nao e mais o esquisito.

P. As pessoas nao vao mais paquerar nos bares?

R. Vao, Cristalino, mas paqueram mais cabello Tinder. Acontece que o universo mudou. Agora as pessoas passam mais horas no trabalho, e necesario ir sobre um punto a outro, as agendas sao mais apertadas. O Tinder soluciona esse impedimento social de falta de tempo. Torna-o mais simples e siguiente.

P. Nos Estados Unidos e possivel comprar pizza pelo Tinder, vao transforma-lo em uma loja?

R. Vimos que e muito comodo mercar uma pizza com um unico gesto. A partir dai as portas estao abertas. Temos um publico abundante e as acoes sao simples. Estamos abertos a acrescentar o que for bom Con El Fin De nossos usuarios.

P. Tambem o usaram Con El Fin De ajudar a escolher o candidato eleitoral. Por que?

R. Por motivo de que deseamos que o publico seja ativo e tome decisoes. O Tinder quer resolver inconvenientes.

P. O Faceb k criou varios aplicativos a partir da rede social, como o messenger. E uma tendencia que comeca a ser comum, vamos ver um Tinder de cada coisa?

R. Nao, vamos melhorar o Tinder. Vamos oferecer servicos adicionais, mas tudo com a simplicidade que nos caracteriza e no mesmo aplicativo.

P. Uma das criticas mais frequentes a seu servico e a seguranca. O que recomenda aos usuarios con el fin de que estejam seguros?

R. Para comecar, o Tinder e mais con total seguridad que o mundo real. Voce tem o controle de quem ve seu perfil, o que voce publica e compartilha. Tambem diz se alguem te interessa ou nao. E Naturalmente que sempre ha pessoas mal-intencionadas. E preciso cuidado, mas sobretudo bom senso. Ficar em um sitio publico com mais pessoas e muito recomendavel. Nao documentar o celular ou o e-mail, por exemplo.

P. Voces oferecem Tinder Plus, um servico remuneracii?n com mais sobre um milhao sobre assinantes. Por que alguem pagaria por isso?

R. Porque consideram que agrega tasacii?n. Nao tem publicidade, podem usa-lo sem um limite sobre pessoas Con El Fin De escolher e, caso se arrependam sobre rechazar alguem, tem uma nova oportunidade.

P. Os SuperLikes sao outra novidade, con el fin de que servem?

R. Sua aceitacao nos surpreendeu. Servem para dizer que voce gosta efectivamente sobre alguem, que esta mesmo interessado em contatar. Sao limitados e os adicionais sao pagos precisamente Con El Fin De isso, para que tenham valor. Quem recebe um superlike e notificado.

P. O sector dos encontros online esta muito concorrido. Tem o Match , o OkCupid… o que pensa disso?

R. Existem cada vez mais, mas pequenas. Somos os unicos com escala global, com uma proposta interessante Con El Fin De todo el mundo. O fato de nao nos limitarmos nos tornou melhores.

P. Ha uma tendencia que da mais permitirse sobre decisao as mulheres, como Adopta un tio na Espanha e o Bumble nos Estados Unidos. O Tinder nao e Con El Fin De elas?

R. Pensamos muito em agradar ao publico feminino. Nunca publico cualquier sempre ha duas zonas envolvidas. Nunca manana vao ver mais mudancas.

P. Por outro ala, foram um dos nombre de usuario vanilla umbrella primeiros an acontecer inclusivos com opcoes LGBT.

R. Acreditamos que todo el mundo somos iguais. O correto e que todo mundo tenha acesso ao mesmo espaco, Tinder, e uma ocasion ali dentro definam o que procuram, o que querem, o que lhes interessa.

P. Qual seria an alta temporada no Tinder?

R. Ninguem quer permanecer sozinho no dia 2 namorados. Dentro de o Ano-Novo e o Valentine’s Day (14 sobre fevereiro) notamos um grande pico. E tambem nunca verao (junho a agosto nunca hemisferio norte). Compartilhar as ferias com alguem especial tambem e um incentivo Con El Fin De usar nosso app.

P. Chama a atencao o fato de o Tinder permanecer sediado em las Angeles e nao no Vale do Silicio. Por que?

R. Sou dali. Nao acredito que seja necessario ir a Sao Francisco Con El Fin De vencer. Com a tecnologia e possivel edificar uma enorme empresa em qualquer lugar, Madri, Londres… Nao importa onde voce esta.

P. Como estao indo no mundo latino?

R. Gostamos sobre meditar sobre maneira global, nao por paises. Nunca fundo, as necessidades sao comuns. Mas reconheco que temos dois paises especiais. A Espanha, onde percebemos que adoram correr e estao entre os mais ativos da Europa. E o Mexico, que esta dentro de os cinco primeiros em atividade mundial.

P. O que consideraria um sucesso Con El Fin De o Tinder?

R. Possibilitar conexoes que agreguem precio, que marquem sua vida.